Home
Bem-vindo
Bem-vindo

Sonophasys Kld - Aparelho de Terapia Combinada Ultrassom + Correntes

  • Código: ME03652A
  • Marca: Kld Biosistemas
  • Disponibilidade: Sem-estoque
  • Descrição: O Sonophasys é um aparelho completo, ideal para uso em Fisioterapia e Estética, possui ultrassom e correntes elétricas permitindo realizar a terapia combinada. É leve e portátil, desenvolvido especialmente para atender aos profissionais mais exigentes nas mais diversas áreas da saúde. Possui uma moderna tecnologia que permite a combinação do ultrassom de 1,1 ou 3,3 MHz a correntes elétricas de baixa e média frequência ou de forma independente, possibilitando a identificação e tratamentos de forma ágil e eficiente, tem tudo o que você precisa para turbinar os resultados dos tratamentos. Equipado com um sistema de alta tecnologia, novo design, com mais opções de correntes elétricas e novo aplicador multifrequencial desenvolvido especialmente para abranger áreas maiores e melhor acoplamento. O Sonophasys possibilita novos tratamentos garantindo precisão, agilidade e resultados mais efetivos, é a escolha ideal para o profissional que busca um aparelho de alta qualidade, ótimo desempenho e segurança nos tratamentos.
  • ...Veja mais informações
Sonophasys Kld - Aparelho de Terapia Combinada Ultrassom + Correntes
Sonophasys Kld - Aparelho de Terapia Combinada Ultrassom + Correntes

    Descrição do Produto

    O Sonophasys é um aparelho completo, ideal para uso em Fisioterapia e Estética, possui ultrassom e correntes elétricas permitindo realizar a terapia combinada. É leve e portátil, desenvolvido especialmente para atender aos profissionais mais exigentes nas mais diversas áreas da saúde. Possui uma moderna tecnologia que permite a combinação do ultrassom de 1,1 ou 3,3 MHz a correntes elétricas de baixa e média frequência ou de forma independente, possibilitando a identificação e tratamentos de forma ágil e eficiente, tem tudo o que você precisa para turbinar os resultados dos tratamentos. Equipado com um sistema de alta tecnologia, novo design, com mais opções de correntes elétricas e novo aplicador multifrequencial desenvolvido especialmente para abranger áreas maiores e melhor acoplamento. O Sonophasys possibilita novos tratamentos garantindo precisão, agilidade e resultados mais efetivos, é a escolha ideal para o profissional que busca um aparelho de alta qualidade, ótimo desempenho e segurança nos tratamentos.

    Diferenciais e Benefícios

    • Aplicador: leve e ergonômico;
    • Visor: display gráfico de fácil visualização;
    • Confiável: ERA do ultrassom com maior área de emissão do feixe;
    • Versátil: utilizado tanto na reabilitação como em tratamentos estéticos;
    • Dinâmico: canais de saída com controle independentes de intensidade;
    • Eficiente: possibilita o uso da terapia combinada do ultrassom e correntes elétricas.

    Indicações

    • Processos álgicos;
    • Processos inflamatórios;
    • Fortalecimento muscular;
    • Aumento de trofismo muscular;
    • Prevenção de atrofias;
    • Prevenção de trombos venosos;
    • Inibição de perda óssea;
    • Aumento de fluxo sanguíneo;
    • Debilidade muscular;
    • Reparo tecidual;
    • Fibroses e aderências;
    • Gordura localizada.

    Efeitos fisiológicos

    • Russa:
    • Despolarização do neurônio motor produzindo contração eficiente no músculo;
    • Efeitos biofísicos: aumenta o metabolismo celular, aumento da oxigenação;
    • Efeitos químicos: liberação de metabólitos;
    • Efeitos mecânicos: dilatação arterial e irrigação sanguínea, aumento do tônus e força muscular.
    • Interferencial:
    • Ativação de forma seletiva as fibras nervosas aferentes mielinizadas (fibras nervosas grossas) inibindo ou bloqueando a sensação de dor;
    • Normalização do balanço neurovegetativo, com relaxamento e melhoria da circulação.
    • TENS:
    • Bloqueio da mensagem da dor ao SNC (Sistema Nervoso Central) através da teoria das "Comportas da Dor", causando analgesia.
    • Microcorrentes:
    • Aumento das funções de permeabilidade da membrana;
    • Aumento da produção de ATP;
    • Reorganização de fibras colágenas;
    • Aumento da síntese de proteínas;
    • Melhoria da captação de oxigênio local;
    • Aumento das trocas iônicas;
    • Aumento da circulação sanguínea e linfática local;
    • Redução do processo infeccioso;
    • Aumento da velocidade de síntese dos tecidos de reparo na cicatrização;
    • Melhoria da qualidade do tecido cicatricial produzido em queimaduras e demais lesões cutâneas.
    • Eletrolipólise:
    • A ação hidro-lipolítica: estimulação do sistema nervoso simpático que libera hormônios adrenalina e noradrenalina;
    • Ativação da enzima triglicerídeo lípase sensível a hormônio, a qual hidrolisa os triacilgliceróis;
    • Liberação de glicerol e ácidos graxos;
    • Os ácidos graxos livres são transportados pela albumina no plasma até as células, onde são oxidados para a obtenção de energia;
    • O glicerol, por sua vez, é transportado pelo sangue até o fígado e pode ser usado para formar triacilglicerol.
    • Galvânica:
    • Hiperemia e produção de calor;
    • Oxigenação;
    • Aumento da circulação periférica;
    • Nutrição tecidual;
    • Aumento do metabolismo (vasodilatação reflexa);
    • Maior concentração de nutrientes, favorecendo a reparação tecidual;
    • Iontoforese por eletrorrepulsão.
    • Diadinâmicas de Bernard:
    • Corrente difásica (DF): proporciona analgesia temporária, pois eleva o limiar de excitação das fibras nervosas sensitivas, além de promover melhora de transtornos circulatórios;
    • Corrente monofásica (MF): possui uma predileção no sentido de atenuar a tonicidade vascular simpática e estimular o metabolismo do tecido conjuntivo;
    • Corrente de curtos períodos (CP): indicada para situações que necessitem de aumento de circulação local ou segmentar;
    • Corrente de longos períodos (LP): indicada para o tratamento de diferentes formas de mialgias e neuralgias;
    • Corrente de ritmo sincopado (RS): provoca contrações rítmicas das fibras musculares, melhorando a hipotonia muscular associada, porém, é extremamente desagradável.
    • BMAC:
    • Aumento da vascularização;
    • Melhora do tecido conjuntivo devido à eliminação dos detritos toxêmicos;
    • Melhora do aporte de enzimas e nutrientes na corrente sanguínea;
    • Melhora da circulação linfática, eliminando as toxinas;
    • Aumento de flexibilidade Tissular;
    • Tonificação e fortalecimento muscular.

    Associações terapêuticas

    • Hygiapulse: aparelho de ondas de choque eletromagnético que auxilia no processo de reparação tecidual, aumenta a vascularização, efeito inibitório nas vias nervosas aferentes da dor, ativação do sistema linfático, associado ao Sonophasys potencializa os resultados tanto para analgesia da reabilitação como nos tratamentos estéticos;
    • Hygiadermo Esthetic: o vácuo combinado com o Ultrassom, estimula a circulação sanguínea promovendo a redução de gordura localizada, auxilia na drenagem linfática e é coadjuvante no tratamento de celulite. A associação entre vácuo e ultrassom também auxilia na cicatrização e estimula a produção de colágeno, melhorando a aparência do tecido na área tratada.  

    Informações Adicionais

    • As correntes elétricas analgésicas atuam de forma seletiva no sistema nervoso, bloqueando o mecanismo de condução dos estímulos dolorosos, promovendo alívio de algias e relaxamento muscular.
    • Através das correntes elétricas de estimulação musculoesquelética, é possível estimular os pontos motores para aumentar a força e tônus muscular favorecendo a melhora do desempenho físico, aumentando o torque e a memória cinestésica muscular.
    • A utilização de correntes elétricas para redução de edemas ocorre através da ativação do metabolismo e aumento da vasodilatação local, alterando a concentração de enzimas e moléculas, inibindo a atividade simpática promovendo drenagem na área afetada e acelerando o processo de reparação tecidual e redução da inflamação. Auxiliando na redução de dor, agilidade na cicatrização e melhora do metabolismo local.

    Conservação

    • Evite locais sujeitos a vibrações;
    • Instale o aparelho sobre uma superfície firme e horizontal, em local com perfeita ventilação;
    • Em caso de armário embutido, certifique-se de que não haja impedimento à livre circulação de ar na parte traseira e inferior do  aparelho;
    • Não apoie sobre tapetes, almofadas ou outras superfícies fofas que obstruam a ventilação;
    • Evite locais úmidos, quentes e com poeira;
    • Este equipamento não é protegido contra penetração nociva de água;
    • Posicione o cabo de rede de modo que fique livre, fora de locais onde possa ser pisoteado, e não coloque qualquer móvel sobre ele;
    • Não introduza objetos nos orifícios do aparelho e não apoie recipientes com líquido;
    • Não use substâncias voláteis (benzina, álcool, tíner e solventes em geral) para limpar o gabinete, pois elas podem danificar o acabamento. Use apenas um pano macio, seco e limpo;
    • Sempre limpe o transdutor depois de usar.

    Contraindicações

    • Marca-passo;
    • Sínteses metálicas;
    • Gravidez;
    • Tecidos neoplásicos;
    • Processos infecciosos;
    • Pele desvitalizada;
    • Incapacidade de entender o tratamento;
    • Região torácica;
    • Tromboembolismo venoso profundo (TVP);
    • Febre;
    • Tuberculose ativa;
    • Miopatias.
       

    Especificações Técnicas

    • Sonophasys Kld - Aparelho de Terapia Combinada Ultrassom + Correntes;
    • Tecnologia de operação microcontrolada;
    • Tela: display gráfico;
    • Ultrassom 1,1 e 3,3 MHz;
    • Potência: 18 W;
    • ERA: 3,5 cm²/1,1MHz e 6 cm²/3,3MHz;
    • Modo: contínuo e pulsado;
    • Ciclo de Trabalho: 5, 10, 15, 20, 25, 30, 35, 40, 45, 50, 55, 60, 65, 70, 75, 80, 85, 90, 95%;
    • Frequência de Pulso: com 100 Hz, 48 Hz e 16 Hz;
    • Timer: 1 a 30 min;
    • Entrada para terapia combinada;
    • Potência de entrada - consumo: 100 V;
    • Alimentação: Bivolt Automático.
    • TENS assimétrica
    • Intensidade: 0 a 80 mA;
    • Frequência de Repetição de Pulso: 01  a 200 Hz em passos de 01 Hz;
    • Pulso: 20 a 400 us  em passos de 20 us;
    • Modo: Fixo, VLP, VFP, VIF, VLF;
    • TENS assimétrica alternada
    • Intensidade: 0 a 80 mA;
    • Frequência de Repetição de Pulso:  01  a 200 Hz em passos de 01 Hz;
    • Pulso: 20 a 800 us em passos de 20 us
    • Modo: Fixo, VLP, VFP, VIF, VLF;
    • TENS simétrica
    • Intensidade: 0 80 mA;
    • Frequência de Repetição de Pulso:  01  a 200 Hz em passos de 01 Hz;
    • Pulso: 20 a 400 us em passos de 20 us;
    • Repouso interface: 0 a 400 us em passos de 20 us;
    • Modo: Fixo, VLP, VFP, VIF, VLF
    • Burst assimétrico
    • Intensidade: 0 a 80 mA;
    • Frequência de Burst: 01 09 Hz  em passos de 01 Hz;
    • Frequência de Repetição de Pulso:  01  a 200 Hz em passos de 01 Hz;
    • Pulso: 20 a 400 us em passos de 20 us;
    • Burst assimétrico alternado
    • Intensidade: 0 a 80 mA;
    • Frequência de Burst: 01 09 Hz em passos de 01 Hz;
    • Frequência de Repetição de Pulso:  01  a 200 Hz em passos de 01 Hz;
    • Pulso: 20 a 400 us em passos de 20 us;
    • Burst simétrico
    • Intensidade: 0 a 80 mA;
    • Frequência de Burst: 01 09 Hz em passos de 01 Hz;
    • Frequência de Repetição de Pulso:  01  a 200 Hz em passos de 01 Hz;
    • Pulso: 20 a 400 us em passos de 20 us;
    • Repouso interface: 0 a 400 us em passos de 20 us;
    • Russa
    • Intensidade: 0 a 80 mA;
    • Frequência Portadora: 2500 Hz;
    • Frequência de Modulação: 01 a 200 Hz em passos de 01 Hz;
    • Ciclo ativo: 50%;
    • Modo: Síncrono, Recíproco, Sequencial e Progressivo;
    • BMAC (Corrente alternada modulada em Burst)
    • Intensidade: 0 a 80 mA;
    • Frequência Portadora: 1000 Hz, 2000 Hz, 2500 Hz, 4000 Hz, 8000 Hz;
    • Frequência de Modulação: 01 a 170 Hz em passos de 01 Hz;
    • Ciclo ativo: 05 a 90%  em passos de 05%;
    • Modo: Síncrono, Recíproco, Sequencial e Progressivo;
    • Corrente BMAC motora
    • Intensidade: 0 a 80 mA;
    • Frequência Portadora: 1000 Hz;
    • Frequência de Modulação: 01 a 200 Hz em passos de 01 Hz;
    • Ciclo ativo: 02%;
    • Modo: Síncrono, Recíproco, Sequencial e Progressivo;
    • Corrente BMAC sensorial
    • Intensidade: 0 a 80 mA;
    • Frequência Portadora: 4000 Hz;
    • Frequência de Modulação: 01 a 200 Hz em passos de 01 Hz;
    • Ciclo ativo: 04%;
    • Modo: Síncrono, Recíproco, Sequencial e Progressivo;
    • Corrente Interferencial Bipolar
    • Intensidade: 0 a 80 mA;
    • Frequência Portadora: 1000 Hz, 2000 Hz, 4000 Hz, 8000 Hz;
    • Frequência de Batimento Base AMFbase: 01 a 150 Hz  em passos de 01 Hz;
    • Frequência de Batimento Incremetal DeltaF AMF.: 0 a 100 Hz em passos de 01 Hz;
    • Delta F ciclo (programa de variação da modulação): 1/1s, 1/5/1/5s, 6/6s, 12/12s;
    • Modo: Síncrono, Recíproco, Sequencial e Progressivo;
    • Corrente Interferencial Tetrapolar
    • Intensidade: 0 a 80 mA;
    • Frequência Portadora: 1000 Hz, 2000 Hz, 4000 Hz, 8000 Hz;
    • Frequência de Batimento Base AMF base: 01 a 150 Hz em passos de 01 Hz;
    • Frequência de Batimento Incremetal DeltaF AMF.: 0 a 100 Hz  em passos de 01 Hz;
    • Delta F ciclo (programa de variação da modulação): 1/1s, 1/5/1/5s, 6/6s, 12/12s;
    • Vetor (programa de equalização dos canais): manual ou automático;
    • Corrente Diadinâmica LP
    • Intensidade: 0 a 80 mA;
    • Frequência: 50 Hz a 100 Hz;
    • Pulso: 06 ms;
    • Polaridade: positiva, negativa ou inversão automática na metade do tempo programado;
    • Modo: Síncrono e Recíproco;
    • Corrente Diadinâmica DF
    • Intensidade: 0 a 80 mA;
    • Frequência: 100 Hz;
    • Pulso: 06 ms;
    • Polaridade: positiva, negativa ou inversão automática na metade do tempo programado;
    • Modo: Síncrono e Recíproco;
    • Corrente Diadinâmica MF
    • Intensidade: 0 a 80 mA;
    • Frequência: 50 Hz;
    • Pulso: 06 ms;
    • Polaridade: positiva, negativa ou inversão automática na metade do tempo programado;
    • Modo: Síncrono e Recíproco;
    • Corrente Diadinâmica CP
    • Intensidade: 0 a 80 mA;
    • Frequência: 50 Hz a 100 Hz;
    • Pulso: 06 ms;
    • Polaridade: positiva, negativa ou inversão automática na metade do tempo programado;
    • Modo: Síncrono e Recíproco;
    • Corrente diadinâmica CPid
    • Intensidade: 0 a 80 mA;
    • Frequência: 50 Hz a 100 Hz;
    • Pulso: 06 ms;
    • Polaridade: positiva, negativa ou inversão automática na metade do tempo programado;
    • Modo: Síncrono e Recíproco;
    • Corrente Ultra Excitante
    • Intensidade: 0 a 80 mA;
    • Frequência: 143 Hz;
    • Pulso: 02 ms;
    • Intervalo entre os pulsos: 05 ms;
    • Polaridade: positiva, negativa ou inversão automática na metade do tempo programado;
    • Modo: Síncrono e Recíproco;
    • Corrente Galvânica Interrompida
    • Intensidade: 0 a 80 mA;
    • Frequência: 08 KHz;
    • Pulso: 105 us;
    • Intervalo entre os pulsos: 20 us;
    • Polaridade: positiva, negativa ou inversão automática na metade do tempo programado;
    • Modo: Síncrono e Recíproco;
    • Corrente Eletrolipólise
    • Intensidade: 0 a 3500 uA;
    • Frequência de repetição de pulso: 25 Hz / 50 Hz / 100 Hz;
    • Pulso: 600 us;
    • Modo: Síncrono e Recíproco;
    • Corrente Microcorrente
    • Intensidade: 0 a 2200 uA;
    • Frequência Portadora: 25/50/100Hz;
    • Pulso: 20ms/10ms/05ms;
    • Ciclo ativo: 50%;
    • Polaridade: inversão automática do polo a cada 03 s;
    • Modo: Síncrono e Recíproco.

    Itens Inclusos

    • 01 Sonophasys Kld - Aparelho de Terapia Combinada Ultrassom + Correntes;
    • 01 Cabeçote Aplicador Multifrequencial Era 6cm²;
    • 04 Eletrodos de Silicone 5x5 cm;
    • 01 Eletrodo de Silicone 8x5cm;
    • 04 Envelopes para Eletrodo 5x5 cm;
    • 01 Envelope para Eletrodo 8x5 cm;
    • 01 Cabo de conexão eletrodo dispersivo;
    • 02 Cinta Elástica pequena;
    • 02 Cinta Elástica média;
    • 02 Cinta Elástica grande;
    • 02 Cabo Conexão Paciente NMS Preto/Vermelho;
    • 02 Garras Jacaré Preta;
    • 02 Garras Jacaré Vermelha;
    • 01 Meio Condutor Gel;
    • 01 Cabo de Força;
    • 01 Manual de Instrução.

    Ficha Técnica

    FrequênciaUS de 1,1 e 3,3 MHz
    CorrentesRussa, Interferencial, TENS, BMAC, Diadinâmicas de Bernard, Ultra Excitante, Galvânica, Microcorrente e Corrente para Eletrolipólise.
    TerapiaUltrassom e Correntes elétricas
    Canais04 Canais, 02 canais para correntes, 01 para eletrodo dispersivo e 01 para conexão do aplicador
    ProtocolosMemória para gravação de protocolos
    ERA6 cm²
    PotênciaUS até 18 W
    Intensidade80 mA para correntes

    Pesos e Medidas

    • Dimensões do produto
    • Dimensões (C x L x A)
    • 28.0 x 20.0 x 11.5 cm
    • Peso Kg
    • 3.0
    • Dimensões da embalagem
    • Dimensões Embalado (C x L x A)
    • 37.0 x 29.0 x 20.0 cm
    • Peso Embalado Kg
    • 4.5

    Perguntas Frequentes

  • Sim, pode ser utilizado somente o ultrassom, somente estimulação com correntes, e as duas terapias combinadas.
  • Não, somente aparelho.
  • Possui 2 canais, com controles independentes de intensidade.
  • Implementação de correntes elétricas e ultrassom emitidas simultaneamente pelo cabeçote em um único feixe.
  • Através da associação de ultrassom com correntes de baixa e média frequência, o cabeçote transdutor fornece ultrassom (polaridade negativa) e ao mesmo tempo, o fluxo de corrente, cujo circuito se fecha por um eletrodo dispersivo (polaridade positiva). Essa polaridade deixa de ser importante quando as correntes forem despolarizadas, pois, nesses casos não há polos definidos. Por exemplo: correntes interferenciais.
  • O fato mais notável nesta técnica é que a combinação de estímulos proporciona efeitos distintos daqueles promovidos pela aplicação dos dois estímulos (ultrassom e correntes) separados. E além de produzir resultados superiores, o uso dos dois recursos simultaneamente diminui o tempo de sessão e exposição ao equipamento.
  • Somente se a combinação for feita com correntes despolarizadas (eletrodo de silicone ou autoadesivo). Se as correntes escolhidas forem as polarizadas, deve-se utilizar o eletrodo dentro das esponjas amarelas embebidas em água como meio condutor, visando minimizar os riscos de queimaduras que podem ocorrer, caso o procedimento seja realizado de forma incorreta.
  • O eletrodo deve ser posicionado sempre à aproximadamente 15 a 20 cm de distância do cabeçote e de forma paralela compondo a aplicação coplanar ou em posição oposta ao cabeçote compondo a aplicação contraplanar.
  • Sim, podem ser combinados desde que seja respeitada a fisiopatologia bem como a fisiologia dos tecidos a serem tratados.
  • Informações do Produto

    Descrição do Produto

    O Sonophasys é um aparelho completo, ideal para uso em Fisioterapia e Estética, possui ultrassom e correntes elétricas permitindo realizar a terapia combinada. É leve e portátil, desenvolvido especialmente para atender aos profissionais mais exigentes nas mais diversas áreas da saúde. Possui uma moderna tecnologia que permite a combinação do ultrassom de 1,1 ou 3,3 MHz a correntes elétricas de baixa e média frequência ou de forma independente, possibilitando a identificação e tratamentos de forma ágil e eficiente, tem tudo o que você precisa para turbinar os resultados dos tratamentos. Equipado com um sistema de alta tecnologia, novo design, com mais opções de correntes elétricas e novo aplicador multifrequencial desenvolvido especialmente para abranger áreas maiores e melhor acoplamento. O Sonophasys possibilita novos tratamentos garantindo precisão, agilidade e resultados mais efetivos, é a escolha ideal para o profissional que busca um aparelho de alta qualidade, ótimo desempenho e segurança nos tratamentos.

    Diferenciais e Benefícios

    • Aplicador: leve e ergonômico;
    • Visor: display gráfico de fácil visualização;
    • Confiável: ERA do ultrassom com maior área de emissão do feixe;
    • Versátil: utilizado tanto na reabilitação como em tratamentos estéticos;
    • Dinâmico: canais de saída com controle independentes de intensidade;
    • Eficiente: possibilita o uso da terapia combinada do ultrassom e correntes elétricas.

    Indicações

    • Processos álgicos;
    • Processos inflamatórios;
    • Fortalecimento muscular;
    • Aumento de trofismo muscular;
    • Prevenção de atrofias;
    • Prevenção de trombos venosos;
    • Inibição de perda óssea;
    • Aumento de fluxo sanguíneo;
    • Debilidade muscular;
    • Reparo tecidual;
    • Fibroses e aderências;
    • Gordura localizada.

    Efeitos fisiológicos

    • Russa:
    • Despolarização do neurônio motor produzindo contração eficiente no músculo;
    • Efeitos biofísicos: aumenta o metabolismo celular, aumento da oxigenação;
    • Efeitos químicos: liberação de metabólitos;
    • Efeitos mecânicos: dilatação arterial e irrigação sanguínea, aumento do tônus e força muscular.
    • Interferencial:
    • Ativação de forma seletiva as fibras nervosas aferentes mielinizadas (fibras nervosas grossas) inibindo ou bloqueando a sensação de dor;
    • Normalização do balanço neurovegetativo, com relaxamento e melhoria da circulação.
    • TENS:
    • Bloqueio da mensagem da dor ao SNC (Sistema Nervoso Central) através da teoria das "Comportas da Dor", causando analgesia.
    • Microcorrentes:
    • Aumento das funções de permeabilidade da membrana;
    • Aumento da produção de ATP;
    • Reorganização de fibras colágenas;
    • Aumento da síntese de proteínas;
    • Melhoria da captação de oxigênio local;
    • Aumento das trocas iônicas;
    • Aumento da circulação sanguínea e linfática local;
    • Redução do processo infeccioso;
    • Aumento da velocidade de síntese dos tecidos de reparo na cicatrização;
    • Melhoria da qualidade do tecido cicatricial produzido em queimaduras e demais lesões cutâneas.
    • Eletrolipólise:
    • A ação hidro-lipolítica: estimulação do sistema nervoso simpático que libera hormônios adrenalina e noradrenalina;
    • Ativação da enzima triglicerídeo lípase sensível a hormônio, a qual hidrolisa os triacilgliceróis;
    • Liberação de glicerol e ácidos graxos;
    • Os ácidos graxos livres são transportados pela albumina no plasma até as células, onde são oxidados para a obtenção de energia;
    • O glicerol, por sua vez, é transportado pelo sangue até o fígado e pode ser usado para formar triacilglicerol.
    • Galvânica:
    • Hiperemia e produção de calor;
    • Oxigenação;
    • Aumento da circulação periférica;
    • Nutrição tecidual;
    • Aumento do metabolismo (vasodilatação reflexa);
    • Maior concentração de nutrientes, favorecendo a reparação tecidual;
    • Iontoforese por eletrorrepulsão.
    • Diadinâmicas de Bernard:
    • Corrente difásica (DF): proporciona analgesia temporária, pois eleva o limiar de excitação das fibras nervosas sensitivas, além de promover melhora de transtornos circulatórios;
    • Corrente monofásica (MF): possui uma predileção no sentido de atenuar a tonicidade vascular simpática e estimular o metabolismo do tecido conjuntivo;
    • Corrente de curtos períodos (CP): indicada para situações que necessitem de aumento de circulação local ou segmentar;
    • Corrente de longos períodos (LP): indicada para o tratamento de diferentes formas de mialgias e neuralgias;
    • Corrente de ritmo sincopado (RS): provoca contrações rítmicas das fibras musculares, melhorando a hipotonia muscular associada, porém, é extremamente desagradável.
    • BMAC:
    • Aumento da vascularização;
    • Melhora do tecido conjuntivo devido à eliminação dos detritos toxêmicos;
    • Melhora do aporte de enzimas e nutrientes na corrente sanguínea;
    • Melhora da circulação linfática, eliminando as toxinas;
    • Aumento de flexibilidade Tissular;
    • Tonificação e fortalecimento muscular.

    Associações terapêuticas

    • Hygiapulse: aparelho de ondas de choque eletromagnético que auxilia no processo de reparação tecidual, aumenta a vascularização, efeito inibitório nas vias nervosas aferentes da dor, ativação do sistema linfático, associado ao Sonophasys potencializa os resultados tanto para analgesia da reabilitação como nos tratamentos estéticos;
    • Hygiadermo Esthetic: o vácuo combinado com o Ultrassom, estimula a circulação sanguínea promovendo a redução de gordura localizada, auxilia na drenagem linfática e é coadjuvante no tratamento de celulite. A associação entre vácuo e ultrassom também auxilia na cicatrização e estimula a produção de colágeno, melhorando a aparência do tecido na área tratada.  

    Informações Adicionais

    • As correntes elétricas analgésicas atuam de forma seletiva no sistema nervoso, bloqueando o mecanismo de condução dos estímulos dolorosos, promovendo alívio de algias e relaxamento muscular.
    • Através das correntes elétricas de estimulação musculoesquelética, é possível estimular os pontos motores para aumentar a força e tônus muscular favorecendo a melhora do desempenho físico, aumentando o torque e a memória cinestésica muscular.
    • A utilização de correntes elétricas para redução de edemas ocorre através da ativação do metabolismo e aumento da vasodilatação local, alterando a concentração de enzimas e moléculas, inibindo a atividade simpática promovendo drenagem na área afetada e acelerando o processo de reparação tecidual e redução da inflamação. Auxiliando na redução de dor, agilidade na cicatrização e melhora do metabolismo local.

    Conservação

    • Evite locais sujeitos a vibrações;
    • Instale o aparelho sobre uma superfície firme e horizontal, em local com perfeita ventilação;
    • Em caso de armário embutido, certifique-se de que não haja impedimento à livre circulação de ar na parte traseira e inferior do  aparelho;
    • Não apoie sobre tapetes, almofadas ou outras superfícies fofas que obstruam a ventilação;
    • Evite locais úmidos, quentes e com poeira;
    • Este equipamento não é protegido contra penetração nociva de água;
    • Posicione o cabo de rede de modo que fique livre, fora de locais onde possa ser pisoteado, e não coloque qualquer móvel sobre ele;
    • Não introduza objetos nos orifícios do aparelho e não apoie recipientes com líquido;
    • Não use substâncias voláteis (benzina, álcool, tíner e solventes em geral) para limpar o gabinete, pois elas podem danificar o acabamento. Use apenas um pano macio, seco e limpo;
    • Sempre limpe o transdutor depois de usar.

    Contraindicações

    • Marca-passo;
    • Sínteses metálicas;
    • Gravidez;
    • Tecidos neoplásicos;
    • Processos infecciosos;
    • Pele desvitalizada;
    • Incapacidade de entender o tratamento;
    • Região torácica;
    • Tromboembolismo venoso profundo (TVP);
    • Febre;
    • Tuberculose ativa;
    • Miopatias.
       

    Especificações Técnicas

    • Sonophasys Kld - Aparelho de Terapia Combinada Ultrassom + Correntes;
    • Tecnologia de operação microcontrolada;
    • Tela: display gráfico;
    • Ultrassom 1,1 e 3,3 MHz;
    • Potência: 18 W;
    • ERA: 3,5 cm²/1,1MHz e 6 cm²/3,3MHz;
    • Modo: contínuo e pulsado;
    • Ciclo de Trabalho: 5, 10, 15, 20, 25, 30, 35, 40, 45, 50, 55, 60, 65, 70, 75, 80, 85, 90, 95%;
    • Frequência de Pulso: com 100 Hz, 48 Hz e 16 Hz;
    • Timer: 1 a 30 min;
    • Entrada para terapia combinada;
    • Potência de entrada - consumo: 100 V;
    • Alimentação: Bivolt Automático.
    • TENS assimétrica
    • Intensidade: 0 a 80 mA;
    • Frequência de Repetição de Pulso: 01  a 200 Hz em passos de 01 Hz;
    • Pulso: 20 a 400 us  em passos de 20 us;
    • Modo: Fixo, VLP, VFP, VIF, VLF;
    • TENS assimétrica alternada
    • Intensidade: 0 a 80 mA;
    • Frequência de Repetição de Pulso:  01  a 200 Hz em passos de 01 Hz;
    • Pulso: 20 a 800 us em passos de 20 us
    • Modo: Fixo, VLP, VFP, VIF, VLF;
    • TENS simétrica
    • Intensidade: 0 80 mA;
    • Frequência de Repetição de Pulso:  01  a 200 Hz em passos de 01 Hz;
    • Pulso: 20 a 400 us em passos de 20 us;
    • Repouso interface: 0 a 400 us em passos de 20 us;
    • Modo: Fixo, VLP, VFP, VIF, VLF
    • Burst assimétrico
    • Intensidade: 0 a 80 mA;
    • Frequência de Burst: 01 09 Hz  em passos de 01 Hz;
    • Frequência de Repetição de Pulso:  01  a 200 Hz em passos de 01 Hz;
    • Pulso: 20 a 400 us em passos de 20 us;
    • Burst assimétrico alternado
    • Intensidade: 0 a 80 mA;
    • Frequência de Burst: 01 09 Hz em passos de 01 Hz;
    • Frequência de Repetição de Pulso:  01  a 200 Hz em passos de 01 Hz;
    • Pulso: 20 a 400 us em passos de 20 us;
    • Burst simétrico
    • Intensidade: 0 a 80 mA;
    • Frequência de Burst: 01 09 Hz em passos de 01 Hz;
    • Frequência de Repetição de Pulso:  01  a 200 Hz em passos de 01 Hz;
    • Pulso: 20 a 400 us em passos de 20 us;
    • Repouso interface: 0 a 400 us em passos de 20 us;
    • Russa
    • Intensidade: 0 a 80 mA;
    • Frequência Portadora: 2500 Hz;
    • Frequência de Modulação: 01 a 200 Hz em passos de 01 Hz;
    • Ciclo ativo: 50%;
    • Modo: Síncrono, Recíproco, Sequencial e Progressivo;
    • BMAC (Corrente alternada modulada em Burst)
    • Intensidade: 0 a 80 mA;
    • Frequência Portadora: 1000 Hz, 2000 Hz, 2500 Hz, 4000 Hz, 8000 Hz;
    • Frequência de Modulação: 01 a 170 Hz em passos de 01 Hz;
    • Ciclo ativo: 05 a 90%  em passos de 05%;
    • Modo: Síncrono, Recíproco, Sequencial e Progressivo;
    • Corrente BMAC motora
    • Intensidade: 0 a 80 mA;
    • Frequência Portadora: 1000 Hz;
    • Frequência de Modulação: 01 a 200 Hz em passos de 01 Hz;
    • Ciclo ativo: 02%;
    • Modo: Síncrono, Recíproco, Sequencial e Progressivo;
    • Corrente BMAC sensorial
    • Intensidade: 0 a 80 mA;
    • Frequência Portadora: 4000 Hz;
    • Frequência de Modulação: 01 a 200 Hz em passos de 01 Hz;
    • Ciclo ativo: 04%;
    • Modo: Síncrono, Recíproco, Sequencial e Progressivo;
    • Corrente Interferencial Bipolar
    • Intensidade: 0 a 80 mA;
    • Frequência Portadora: 1000 Hz, 2000 Hz, 4000 Hz, 8000 Hz;
    • Frequência de Batimento Base AMFbase: 01 a 150 Hz  em passos de 01 Hz;
    • Frequência de Batimento Incremetal DeltaF AMF.: 0 a 100 Hz em passos de 01 Hz;
    • Delta F ciclo (programa de variação da modulação): 1/1s, 1/5/1/5s, 6/6s, 12/12s;
    • Modo: Síncrono, Recíproco, Sequencial e Progressivo;
    • Corrente Interferencial Tetrapolar
    • Intensidade: 0 a 80 mA;
    • Frequência Portadora: 1000 Hz, 2000 Hz, 4000 Hz, 8000 Hz;
    • Frequência de Batimento Base AMF base: 01 a 150 Hz em passos de 01 Hz;
    • Frequência de Batimento Incremetal DeltaF AMF.: 0 a 100 Hz  em passos de 01 Hz;
    • Delta F ciclo (programa de variação da modulação): 1/1s, 1/5/1/5s, 6/6s, 12/12s;
    • Vetor (programa de equalização dos canais): manual ou automático;
    • Corrente Diadinâmica LP
    • Intensidade: 0 a 80 mA;
    • Frequência: 50 Hz a 100 Hz;
    • Pulso: 06 ms;
    • Polaridade: positiva, negativa ou inversão automática na metade do tempo programado;
    • Modo: Síncrono e Recíproco;
    • Corrente Diadinâmica DF
    • Intensidade: 0 a 80 mA;
    • Frequência: 100 Hz;
    • Pulso: 06 ms;
    • Polaridade: positiva, negativa ou inversão automática na metade do tempo programado;
    • Modo: Síncrono e Recíproco;
    • Corrente Diadinâmica MF
    • Intensidade: 0 a 80 mA;
    • Frequência: 50 Hz;
    • Pulso: 06 ms;
    • Polaridade: positiva, negativa ou inversão automática na metade do tempo programado;
    • Modo: Síncrono e Recíproco;
    • Corrente Diadinâmica CP
    • Intensidade: 0 a 80 mA;
    • Frequência: 50 Hz a 100 Hz;
    • Pulso: 06 ms;
    • Polaridade: positiva, negativa ou inversão automática na metade do tempo programado;
    • Modo: Síncrono e Recíproco;
    • Corrente diadinâmica CPid
    • Intensidade: 0 a 80 mA;
    • Frequência: 50 Hz a 100 Hz;
    • Pulso: 06 ms;
    • Polaridade: positiva, negativa ou inversão automática na metade do tempo programado;
    • Modo: Síncrono e Recíproco;
    • Corrente Ultra Excitante
    • Intensidade: 0 a 80 mA;
    • Frequência: 143 Hz;
    • Pulso: 02 ms;
    • Intervalo entre os pulsos: 05 ms;
    • Polaridade: positiva, negativa ou inversão automática na metade do tempo programado;
    • Modo: Síncrono e Recíproco;
    • Corrente Galvânica Interrompida
    • Intensidade: 0 a 80 mA;
    • Frequência: 08 KHz;
    • Pulso: 105 us;
    • Intervalo entre os pulsos: 20 us;
    • Polaridade: positiva, negativa ou inversão automática na metade do tempo programado;
    • Modo: Síncrono e Recíproco;
    • Corrente Eletrolipólise
    • Intensidade: 0 a 3500 uA;
    • Frequência de repetição de pulso: 25 Hz / 50 Hz / 100 Hz;
    • Pulso: 600 us;
    • Modo: Síncrono e Recíproco;
    • Corrente Microcorrente
    • Intensidade: 0 a 2200 uA;
    • Frequência Portadora: 25/50/100Hz;
    • Pulso: 20ms/10ms/05ms;
    • Ciclo ativo: 50%;
    • Polaridade: inversão automática do polo a cada 03 s;
    • Modo: Síncrono e Recíproco.

    Itens Inclusos

    • 01 Sonophasys Kld - Aparelho de Terapia Combinada Ultrassom + Correntes;
    • 01 Cabeçote Aplicador Multifrequencial Era 6cm²;
    • 04 Eletrodos de Silicone 5x5 cm;
    • 01 Eletrodo de Silicone 8x5cm;
    • 04 Envelopes para Eletrodo 5x5 cm;
    • 01 Envelope para Eletrodo 8x5 cm;
    • 01 Cabo de conexão eletrodo dispersivo;
    • 02 Cinta Elástica pequena;
    • 02 Cinta Elástica média;
    • 02 Cinta Elástica grande;
    • 02 Cabo Conexão Paciente NMS Preto/Vermelho;
    • 02 Garras Jacaré Preta;
    • 02 Garras Jacaré Vermelha;
    • 01 Meio Condutor Gel;
    • 01 Cabo de Força;
    • 01 Manual de Instrução.

    Ficha Técnica

    FrequênciaUS de 1,1 e 3,3 MHz
    CorrentesRussa, Interferencial, TENS, BMAC, Diadinâmicas de Bernard, Ultra Excitante, Galvânica, Microcorrente e Corrente para Eletrolipólise.
    TerapiaUltrassom e Correntes elétricas
    Canais04 Canais, 02 canais para correntes, 01 para eletrodo dispersivo e 01 para conexão do aplicador
    ProtocolosMemória para gravação de protocolos
    ERA6 cm²
    PotênciaUS até 18 W
    Intensidade80 mA para correntes

    Pesos e Medidas

    • Dimensões do produto
    • Dimensões (C x L x A)
    • 28.0 x 20.0 x 11.5 cm
    • Peso Kg
    • 3.0
    • Dimensões da embalagem
    • Dimensões Embalado (C x L x A)
    • 37.0 x 29.0 x 20.0 cm
    • Peso Embalado Kg
    • 4.5

    Perguntas Frequentes

  • Sim, pode ser utilizado somente o ultrassom, somente estimulação com correntes, e as duas terapias combinadas.
  • Não, somente aparelho.
  • Possui 2 canais, com controles independentes de intensidade.
  • Implementação de correntes elétricas e ultrassom emitidas simultaneamente pelo cabeçote em um único feixe.
  • Através da associação de ultrassom com correntes de baixa e média frequência, o cabeçote transdutor fornece ultrassom (polaridade negativa) e ao mesmo tempo, o fluxo de corrente, cujo circuito se fecha por um eletrodo dispersivo (polaridade positiva). Essa polaridade deixa de ser importante quando as correntes forem despolarizadas, pois, nesses casos não há polos definidos. Por exemplo: correntes interferenciais.
  • O fato mais notável nesta técnica é que a combinação de estímulos proporciona efeitos distintos daqueles promovidos pela aplicação dos dois estímulos (ultrassom e correntes) separados. E além de produzir resultados superiores, o uso dos dois recursos simultaneamente diminui o tempo de sessão e exposição ao equipamento.
  • Somente se a combinação for feita com correntes despolarizadas (eletrodo de silicone ou autoadesivo). Se as correntes escolhidas forem as polarizadas, deve-se utilizar o eletrodo dentro das esponjas amarelas embebidas em água como meio condutor, visando minimizar os riscos de queimaduras que podem ocorrer, caso o procedimento seja realizado de forma incorreta.
  • O eletrodo deve ser posicionado sempre à aproximadamente 15 a 20 cm de distância do cabeçote e de forma paralela compondo a aplicação coplanar ou em posição oposta ao cabeçote compondo a aplicação contraplanar.
  • Sim, podem ser combinados desde que seja respeitada a fisiopatologia bem como a fisiologia dos tecidos a serem tratados.