Sonopulse Compact Ibramed - Aparelho de Ultrassom 1Mhz

Ver informações produto
      Código: ME01716A
  • Marca: Ibramed
  • Disponibilidade: Pronta-entrega
  • Descrição: O Sonopulse Compact de 1 MHz é um aparelho de ultrassom ideal para Fisioterapia. O equipamento possui modos de emissão de ondas contínuo (tratamento de quadros crônicos) e pulsado (tratamento de quadros agudos). O aplicador possui ERA de 7 cm² e potência total de 21 W, chegando a 3W por cm² na área tratada. A frequência de 1 MHz permite que a onda alcance maior profundidade nos tecidos, chegando a até 5 centímetros. Um dos diferenciais deste aparelho é a saída para terapia combinada, que possibilita associar correntes de média e baixa frequência ao ultrassom, com o objetivo de diminuir o tempo de terapia, além de intensificar os resultados, potencializando o controle e a redução da dor. Outro detalhe importante do Sonopulse Compact de 1 MHz é o sensor térmico, que bloqueia automaticamente o tratamento quando a temperatura do aplicador ultrapassa 41°C. Esse diferencial previne danos ao cristal piezoelétrico do cabeçote e evita o desconforto do paciente. E para conferir ainda mais durabilidade e versatilidade ao aparelho, o aplicador do Sonopulse Compact 1 MHz é a prova d’água, permitindo a terapia subaquática em regiões de difícil acoplamento, como tornozelo e cotovelo, além de ser mais fácil a higienização do cabeçote. O aparelho é compacto, acompanha bolsa para transporte e é ideal para atendimentos em clínica ou home care.
  • ...Veja mais
Slide 1 of 11
Slide 1 of 11
  • Sonopulse Compact Ibramed - Aparelho de Ultrassom 1Mhz
  • Sonopulse Compact Ibramed - Aparelho de Ultrassom 1Mhz
  • Sonopulse Compact Ibramed - Aparelho de Ultrassom 1Mhz
  • Sonopulse Compact Ibramed - Aparelho de Ultrassom 1Mhz
  • Sonopulse Compact Ibramed - Aparelho de Ultrassom 1Mhz
  • Sonopulse Compact Ibramed - Aparelho de Ultrassom 1Mhz
  • Sonopulse Compact Ibramed - Aparelho de Ultrassom 1Mhz
  • Sonopulse Compact Ibramed - Aparelho de Ultrassom 1Mhz
  • Sonopulse Compact Ibramed - Aparelho de Ultrassom 1Mhz
  • Sonopulse Compact Ibramed - Aparelho de Ultrassom 1Mhz
  • Sonopulse Compact Ibramed - Aparelho de Ultrassom 1Mhz
  • R$ 1.195,00
    em até 12x R$ 99,58 s/ juros
  • R$ 1.135,25 -5% à vista
  • Retire este produto na loja
  • Vendido e entregue por ISP Saúde
  • R$ 1.135,25 no boleto bancário5% de descontoEconomize R$ 59,75
  • R$ 1.135,25 em 1x no cartão5% de descontoMais opções de parcelamento
  • Usar minha localização

O Sonopulse Compact de 1 MHz é um aparelho de ultrassom ideal para Fisioterapia. O equipamento possui modos de emissão de ondas contínuo (tratamento de quadros crônicos) e pulsado (tratamento de quadros agudos).

O aplicador possui ERA de 7 cm² e potência total de 21 W, chegando a 3W por cm² na área tratada. A frequência de 1 MHz permite que a onda alcance maior profundidade nos tecidos, chegando a até 5 centímetros.

Um dos diferenciais deste aparelho é a saída para terapia combinada, que possibilita associar correntes de média e baixa frequência ao ultrassom, com o objetivo de diminuir o tempo de terapia, além de intensificar os resultados, potencializando o controle e a redução da dor.

Outro detalhe importante do Sonopulse Compact de 1 MHz é o sensor térmico, que bloqueia automaticamente o tratamento quando a temperatura do aplicador ultrapassa 41°C. Esse diferencial previne danos ao cristal piezoelétrico do cabeçote e evita o desconforto do paciente.

E para conferir ainda mais durabilidade e versatilidade ao aparelho, o aplicador do Sonopulse Compact 1 MHz é a prova d’água, permitindo a terapia subaquática em regiões de difícil acoplamento, como tornozelo e cotovelo, além de ser mais fácil a higienização do cabeçote.

O aparelho é compacto, acompanha bolsa para transporte e é ideal para atendimentos em clínica ou home care.

Diferenciais e Benefícios

PRÁTICO:

Intensidade regulada e mensurada em W e W/cm², que permite controle da dose aplicada e confere segurança ao profissional;

SENSOR TÉRMICO:

Sensor térmico de desligamento automático ao ultrapassar 41° C, protege o cristal piezoelétrico do cabeçote e evita lesões no paciente;

TERAPIA COMBINADA:

Possui saída para associar correntes de média e baixa frequência ao ultrassom;

TIMER:

Até 30 minutos, com indicação regressiva no painel digital;

PROTOCOLOS:

26 protocolos pré-programados e 20 particulares;

APLICADOR:

Área efetiva de radiação de 7 cm²;

POTÊNCIA

21 W total, chegando a 3W por cm² na área tratada;

SEGURANÇA:

Operação microcontrolada, via teclado, gera informações digitalizadas e oferece confiabilidade nos dados;

Indicações de Tratamentos

• Artrite

• Artrose;

 Bursite;

• Ciática;

• Contraturas musculares;

 Contusões;

 Distensões;

 Mialgias;

 Miosites;

 Lombalgias;

 Neuralgia;

 Neurites;

 Osteítes;

 Periartrite crônica;

 Reumatismos;

 Tenosinuvites;

 Torcicolos;

 Traumatismos;

 Contraturas musculares.


Efeitos Fisiológicos

Efeito Térmico: Aumento da permeabilidade da membrana, permitindo a reabsorção de líquidos e trocas de substratos;


Efeito mecânico: Aumento da circulação sanguínea, promovendo nutrição e neovascularização (formação de novos vasos);


Efeito químico: Liberação de histaminas e agentes quimiotáxicos (mediadores químicos da inflamação);


Efeito analgésico: Ativação do ciclo de cálcio, estimulação das fibras nervosas aferentes;


Efeito regenerativo: dilatação do retículo endoplasmático (desintoxicação celular) e dos fibroblastos;


Efeito neurológico: aumenta o velocidade de condução nos nervos periféricos e consequente resposta motora.

Sugestão de Parâmetros

Fisioterapia/Redução de espasmo muscula:

Modo: Contínuo

Ciclo: 25%

Intensidade:  0,8W/cm2

Tempo: Área divida por ERA

Dica: Tempo de 1 min por tamanho do cabeçote, ou seja, se cabem 3 cabeçotes numa região, 3 min de terapia, se cabem 5 cabeçotes, 5 min. A sugestão de parâmetros não substitui a avaliação e prescrição do profissional.

Contribuições do ultrassom para a Reabilitação

Regeneração:

O ultrassom promove na área tratada uma dilatação do retículo endoplasmático rugoso e dos fibroblastos, que são fundamentais para a produção de tecido. Ao expor os fibroblastos ao ultrassom, ocorre um estímulo para aumentar a síntese de colágeno, fortalecendo a tensão de tecidos moles. Na fase de remodelagem, as fibras se reorientam e o colágeno do tipo III dá lugar ao de tipo I, esse processo segue até que o colágeno chegue as mesmas características de antes da lesão.

Tecido Nervoso:

O ultrassom atua sobre os nervos periféricos aumentando a velocidade da condução, promovendo o alongamento de estruturas ricas em colágeno. O processo também estimula o fluxo sanguíneo no local. Dessa forma, o ultrassom é altamente eficiente na redução do espasmo muscular e do aumento da atividade das células de defesa.

Circulação Sanguínea:

O ultrassom é uma terapia ideal para melhoria da circulação, removendo os fluidos tissulares, reduzindo tensão tissular e diminuindo o pH e promovendo a normalização do tônus muscular.

Permeabilidade:

A vibração celular (micromassagem) promovida pelas ondas ultrassônicas é a responsável por acelerar a difusão de íons por meio da membrana celular, o processo promove o aumento da permeabilidade da membrana. Por isso, o ultrassom é ideal para potencializar o efeito de ativos, garantindo maior absorção na pele.

Analgesia:

Por meio do efeito térmico, o ultrassom atua nas fibras receptoras e obstrui estímulos dolorosos, por isso a terapia é tão eficiente em protocolos com foco em analgesia.

Relaxamento:

O aumento da irrigação sanguínea promove a remoção dos estímulos tissulares, proporcionando relaxamento muscular.

Profundidade do Ultrassom de 1 MHZ

Com o Sonopulse Compact de 1 MHz é possível chegar a uma profundidade máxima de 5 cm, na área tratada. A média de profundidade do feixe ultrassônico varia de acordo com o meio. No tecido ósseo chega a 0,68 cm. Na pele a profundidade alcançada com o ultrassom de 1 MHz é de 3,8 cm. Na cartilagem a profundidade é de 1,95 cm e no tecido muscular chega a 3,04 cm.

Terapia Combinada

A aplicação terapêutica simultânea de ultrassom e corrente elétrica funcional pode ser realizada com o Sonopulse Compact 1 MHz e um eletroestimulador da família NEURODYN da Ibramed.

Nesta técnica, o aplicador libera energia ultrassônica e torna-se o eletrodo ativo da eletroestimulação. Potencializando resultados de protocolos de combate a dor e reparação tecidual, acelerando o processo de recuperação pós-lesão.

Onda Contínua ou Pulsada

No ultrassom contínuo ocorre um aquecimento nos tecidos, não indicado para traumas agudos e recentes, mas ideal para tratamento de quadros crônicos.

No ultrassom pulsado (não térmico) a emissão de pulsos de onda ocorre em determinados períodos, entre eles, o organismo promove a circulação sanguínea que resfria a região tratada, impedindo o excesso de aquecimento. Ideal para tratamento de quadros agudos.

O que é a Sonoforese promovida pelo Ultrassom?

Sonoforese é a habilidade que o ultrassom tem de potencializar a permeação de ativos na pele. No entanto, para que o processo ocorra é fundamental que o produto contenha moléculas de tamanho pequeno e baixo peso molecular para facilitar a permeação.

Tecnologia de Proteção

Dentro do transdutor de ultrassom do SONOPULSE COMPACT 1 MHz, existe um sensor de temperatura que verifica e mantém constante a temperatura de trabalho do cristal piezoelétrico e consequentemente a da face de alumínio do transdutor, evitando ao paciente aquela sensação desagradável de calor excessivo.

Este sensor está programado para que a temperatura no alumínio nunca ultrapasse a 41 graus centígrados. Se isso acontecer, o equipamento desliga a emissão do Ultrassom, voltando automaticamente, após alguns segundos, e retoma a programação original.

Protocolos

1-  Examinar a pele para ver se há qualquer ferida;


2- Antes de aplicar o ultrassom, limpar a área com água e sabão, pode-se usar clorexidina ou álcool 70%;

 

3- Limpar o aplicador antes de cada sessão com água morna e sabão;


4- Aplicar gel condutor sobre a área de tratamento do paciente;


5- Mover constantemente o transdutor de ultrassom durante a sessão de terapia de forma circular; 


6- Examinar a pele novamente após o tratamento.

Contraindicações

• Útero gravídico;

• Globo ocular;

• Áreas de Tromboflebite;

• Coração;

• Dispositivo Implantado;

• Áreas com sensibilidade ou 

• circulação reduzidas;

• Cérebro;

• Órgãos reprodutores;

• Infecções agudas;

• Áreas tratadas por radioterapia;

• Tumores;

• Tratar dores não diagnosticadas.

ERA7 cm2
TerapiaUltrassom de 1 Mhz
Potência21 Watts
Protocolos26 protocolos programados e 20 particulares
Entrada terapia combinadaSim
ModoContínuo e pulsado

Pesos e Medidas

Dimensões do produto
  • Dimensões (C x L x A)
  • 27.0 x 28.0 x 12.0 cm
  • Peso Kg
  • 1.2
Dimensões da embalagem
  • Dimensões Embalado (C x L x A)
  • 32.0 x 33.5 x 19.5 cm
  • Peso Embalado Kg
  • 2.5

Perguntas Frequentes

  • Sim, recomenda-se uma aferição a cada 6 meses ou toda vez que o cabeçote cair no chão, apresentar trincas, ou algum tipo de ruído. Só assim poderá ser realizada uma terapia eficaz com doses realmente confiáveis
  • Devido a não uniformidade do feixe de ultrassom, o cabeçote não deve ficar parado sobre um mesmo local. Também não deve ser movimentado muito rápido, pois não haveria tempo do tecido entrar em ressonância.
  • O Ultrassom. de 1 MHz é usado em estruturas mais profundas (músculos, tendões, bursas), pois ele é pouco absorvido em estruturas superficiais e em tecido adiposo. Ao contrário, 3.0 MHz deverá ser usado em estruturas superficiais, pois a energia é absorvida nos tecidos que estiverem entre 1 e 2 cm abaixo da superfície da pele
  • Pelos efeitos secundários que ele pode produzir, tais como: redução do nível de glicose no sangue, fadiga, irritação, anorexia, stress e até tendências a resfriados (acredita-se que estes efeitos podem ocorrer em doses excessivas)
  • O gel ideal para trabalho com qualquer tipo de ultrassom deve ser desprovido de bolhas, com aspecto límpido, transparente, inodoro, ou seja, gel neutro. Para a técnica de sonoforese pode utilizar gel com ativos. A quantidade ideal de gel é aquela que permite que o cabeçote deslize livremente, sem aderir a pele do paciente
  • O gel que já perdeu a condutividade tornando-se desta forma leitoso, opaco, quantidade insuficiente do mesmo, movimentos muito rápidos ou girar muitas vezes no mesmo lugar, e principalmente a falta de acoplamento do cabeçote.
  • Coloque algumas gotas de água na face de alumínio do transdutor, aumente a intensidade e verifique o efeito de nebulização da água. A nebulização é a indicação de que seu equipamento está emitindo ultra som e ela se apresenta de maneiras diferentes de aparelho para aparelho. O meio de condução do ultra som emitido neste momento (gotas de água + ar) é muito precário. Isto ocasionará uma rápida elevação da temperatura do alumínio para mais de 40 graus centígrados. Portanto, não exagere no teste para não danificar o cristal piezoelétrico dentro do transdutor
  • É o uso simultâneo de duas modalidades terapêuticas associadas e em uma mesma área corporal.
  • O profissional adquire um cabo especial para terapia combinada e também um equipamento com correntes de média e/ou baixa frequência da mesma marca (neurodyns), onde os equipamentos são conectados através do cabo, tendo ao mesmo tempo o estímulo das correntes e do ultrassom
  • Irradiar ultrassom em líquidos, leva à formação de bolhas muito pequenas e, esse fenômeno, é chamado de cavitação. Sob a ação do campo ultrassônico, essas bolhas aumentam e diminuem de tamanho (cavitação estável), ou podem colapsar (cavitação instável). A cavitação é um fenômeno comum produzidos por ultrassons terapêuticos.

Manual de Instruções

Mais Informações

O Sonopulse Compact de 1 MHz é um aparelho de ultrassom ideal para Fisioterapia. O equipamento possui modos de emissão de ondas contínuo (tratamento de quadros crônicos) e pulsado (tratamento de quadros agudos).

O aplicador possui ERA de 7 cm² e potência total de 21 W, chegando a 3W por cm² na área tratada. A frequência de 1 MHz permite que a onda alcance maior profundidade nos tecidos, chegando a até 5 centímetros.

Um dos diferenciais deste aparelho é a saída para terapia combinada, que possibilita associar correntes de média e baixa frequência ao ultrassom, com o objetivo de diminuir o tempo de terapia, além de intensificar os resultados, potencializando o controle e a redução da dor.

Outro detalhe importante do Sonopulse Compact de 1 MHz é o sensor térmico, que bloqueia automaticamente o tratamento quando a temperatura do aplicador ultrapassa 41°C. Esse diferencial previne danos ao cristal piezoelétrico do cabeçote e evita o desconforto do paciente.

E para conferir ainda mais durabilidade e versatilidade ao aparelho, o aplicador do Sonopulse Compact 1 MHz é a prova d’água, permitindo a terapia subaquática em regiões de difícil acoplamento, como tornozelo e cotovelo, além de ser mais fácil a higienização do cabeçote.

O aparelho é compacto, acompanha bolsa para transporte e é ideal para atendimentos em clínica ou home care.

Diferenciais e Benefícios

PRÁTICO:

Intensidade regulada e mensurada em W e W/cm², que permite controle da dose aplicada e confere segurança ao profissional;

SENSOR TÉRMICO:

Sensor térmico de desligamento automático ao ultrapassar 41° C, protege o cristal piezoelétrico do cabeçote e evita lesões no paciente;

TERAPIA COMBINADA:

Possui saída para associar correntes de média e baixa frequência ao ultrassom;

TIMER:

Até 30 minutos, com indicação regressiva no painel digital;

PROTOCOLOS:

26 protocolos pré-programados e 20 particulares;

APLICADOR:

Área efetiva de radiação de 7 cm²;

POTÊNCIA

21 W total, chegando a 3W por cm² na área tratada;

SEGURANÇA:

Operação microcontrolada, via teclado, gera informações digitalizadas e oferece confiabilidade nos dados;

Indicações de Tratamentos

• Artrite

• Artrose;

 Bursite;

• Ciática;

• Contraturas musculares;

 Contusões;

 Distensões;

 Mialgias;

 Miosites;

 Lombalgias;

 Neuralgia;

 Neurites;

 Osteítes;

 Periartrite crônica;

 Reumatismos;

 Tenosinuvites;

 Torcicolos;

 Traumatismos;

 Contraturas musculares.


Efeitos Fisiológicos

Efeito Térmico: Aumento da permeabilidade da membrana, permitindo a reabsorção de líquidos e trocas de substratos;


Efeito mecânico: Aumento da circulação sanguínea, promovendo nutrição e neovascularização (formação de novos vasos);


Efeito químico: Liberação de histaminas e agentes quimiotáxicos (mediadores químicos da inflamação);


Efeito analgésico: Ativação do ciclo de cálcio, estimulação das fibras nervosas aferentes;


Efeito regenerativo: dilatação do retículo endoplasmático (desintoxicação celular) e dos fibroblastos;


Efeito neurológico: aumenta o velocidade de condução nos nervos periféricos e consequente resposta motora.

Sugestão de Parâmetros

Fisioterapia/Redução de espasmo muscula:

Modo: Contínuo

Ciclo: 25%

Intensidade:  0,8W/cm2

Tempo: Área divida por ERA

Dica: Tempo de 1 min por tamanho do cabeçote, ou seja, se cabem 3 cabeçotes numa região, 3 min de terapia, se cabem 5 cabeçotes, 5 min. A sugestão de parâmetros não substitui a avaliação e prescrição do profissional.

Contribuições do ultrassom para a Reabilitação

Regeneração:

O ultrassom promove na área tratada uma dilatação do retículo endoplasmático rugoso e dos fibroblastos, que são fundamentais para a produção de tecido. Ao expor os fibroblastos ao ultrassom, ocorre um estímulo para aumentar a síntese de colágeno, fortalecendo a tensão de tecidos moles. Na fase de remodelagem, as fibras se reorientam e o colágeno do tipo III dá lugar ao de tipo I, esse processo segue até que o colágeno chegue as mesmas características de antes da lesão.

Tecido Nervoso:

O ultrassom atua sobre os nervos periféricos aumentando a velocidade da condução, promovendo o alongamento de estruturas ricas em colágeno. O processo também estimula o fluxo sanguíneo no local. Dessa forma, o ultrassom é altamente eficiente na redução do espasmo muscular e do aumento da atividade das células de defesa.

Circulação Sanguínea:

O ultrassom é uma terapia ideal para melhoria da circulação, removendo os fluidos tissulares, reduzindo tensão tissular e diminuindo o pH e promovendo a normalização do tônus muscular.

Permeabilidade:

A vibração celular (micromassagem) promovida pelas ondas ultrassônicas é a responsável por acelerar a difusão de íons por meio da membrana celular, o processo promove o aumento da permeabilidade da membrana. Por isso, o ultrassom é ideal para potencializar o efeito de ativos, garantindo maior absorção na pele.

Analgesia:

Por meio do efeito térmico, o ultrassom atua nas fibras receptoras e obstrui estímulos dolorosos, por isso a terapia é tão eficiente em protocolos com foco em analgesia.

Relaxamento:

O aumento da irrigação sanguínea promove a remoção dos estímulos tissulares, proporcionando relaxamento muscular.

Profundidade do Ultrassom de 1 MHZ

Com o Sonopulse Compact de 1 MHz é possível chegar a uma profundidade máxima de 5 cm, na área tratada. A média de profundidade do feixe ultrassônico varia de acordo com o meio. No tecido ósseo chega a 0,68 cm. Na pele a profundidade alcançada com o ultrassom de 1 MHz é de 3,8 cm. Na cartilagem a profundidade é de 1,95 cm e no tecido muscular chega a 3,04 cm.

Terapia Combinada

A aplicação terapêutica simultânea de ultrassom e corrente elétrica funcional pode ser realizada com o Sonopulse Compact 1 MHz e um eletroestimulador da família NEURODYN da Ibramed.

Nesta técnica, o aplicador libera energia ultrassônica e torna-se o eletrodo ativo da eletroestimulação. Potencializando resultados de protocolos de combate a dor e reparação tecidual, acelerando o processo de recuperação pós-lesão.

Onda Contínua ou Pulsada

No ultrassom contínuo ocorre um aquecimento nos tecidos, não indicado para traumas agudos e recentes, mas ideal para tratamento de quadros crônicos.

No ultrassom pulsado (não térmico) a emissão de pulsos de onda ocorre em determinados períodos, entre eles, o organismo promove a circulação sanguínea que resfria a região tratada, impedindo o excesso de aquecimento. Ideal para tratamento de quadros agudos.

O que é a Sonoforese promovida pelo Ultrassom?

Sonoforese é a habilidade que o ultrassom tem de potencializar a permeação de ativos na pele. No entanto, para que o processo ocorra é fundamental que o produto contenha moléculas de tamanho pequeno e baixo peso molecular para facilitar a permeação.

Tecnologia de Proteção

Dentro do transdutor de ultrassom do SONOPULSE COMPACT 1 MHz, existe um sensor de temperatura que verifica e mantém constante a temperatura de trabalho do cristal piezoelétrico e consequentemente a da face de alumínio do transdutor, evitando ao paciente aquela sensação desagradável de calor excessivo.

Este sensor está programado para que a temperatura no alumínio nunca ultrapasse a 41 graus centígrados. Se isso acontecer, o equipamento desliga a emissão do Ultrassom, voltando automaticamente, após alguns segundos, e retoma a programação original.

Protocolos

1-  Examinar a pele para ver se há qualquer ferida;


2- Antes de aplicar o ultrassom, limpar a área com água e sabão, pode-se usar clorexidina ou álcool 70%;

 

3- Limpar o aplicador antes de cada sessão com água morna e sabão;


4- Aplicar gel condutor sobre a área de tratamento do paciente;


5- Mover constantemente o transdutor de ultrassom durante a sessão de terapia de forma circular; 


6- Examinar a pele novamente após o tratamento.

Contraindicações

• Útero gravídico;

• Globo ocular;

• Áreas de Tromboflebite;

• Coração;

• Dispositivo Implantado;

• Áreas com sensibilidade ou 

• circulação reduzidas;

• Cérebro;

• Órgãos reprodutores;

• Infecções agudas;

• Áreas tratadas por radioterapia;

• Tumores;

• Tratar dores não diagnosticadas.

ERA7 cm2
TerapiaUltrassom de 1 Mhz
Potência21 Watts
Protocolos26 protocolos programados e 20 particulares
Entrada terapia combinadaSim
ModoContínuo e pulsado

Pesos e Medidas

Dimensões do produto
  • Dimensões (C x L x A)
  • 27.0 x 28.0 x 12.0 cm
  • Peso Kg
  • 1.2
Dimensões da embalagem
  • Dimensões Embalado (C x L x A)
  • 32.0 x 33.5 x 19.5 cm
  • Peso Embalado Kg
  • 2.5

Perguntas Frequentes

  • Sim, recomenda-se uma aferição a cada 6 meses ou toda vez que o cabeçote cair no chão, apresentar trincas, ou algum tipo de ruído. Só assim poderá ser realizada uma terapia eficaz com doses realmente confiáveis
  • Devido a não uniformidade do feixe de ultrassom, o cabeçote não deve ficar parado sobre um mesmo local. Também não deve ser movimentado muito rápido, pois não haveria tempo do tecido entrar em ressonância.
  • O Ultrassom. de 1 MHz é usado em estruturas mais profundas (músculos, tendões, bursas), pois ele é pouco absorvido em estruturas superficiais e em tecido adiposo. Ao contrário, 3.0 MHz deverá ser usado em estruturas superficiais, pois a energia é absorvida nos tecidos que estiverem entre 1 e 2 cm abaixo da superfície da pele
  • Pelos efeitos secundários que ele pode produzir, tais como: redução do nível de glicose no sangue, fadiga, irritação, anorexia, stress e até tendências a resfriados (acredita-se que estes efeitos podem ocorrer em doses excessivas)
  • O gel ideal para trabalho com qualquer tipo de ultrassom deve ser desprovido de bolhas, com aspecto límpido, transparente, inodoro, ou seja, gel neutro. Para a técnica de sonoforese pode utilizar gel com ativos. A quantidade ideal de gel é aquela que permite que o cabeçote deslize livremente, sem aderir a pele do paciente
  • O gel que já perdeu a condutividade tornando-se desta forma leitoso, opaco, quantidade insuficiente do mesmo, movimentos muito rápidos ou girar muitas vezes no mesmo lugar, e principalmente a falta de acoplamento do cabeçote.
  • Coloque algumas gotas de água na face de alumínio do transdutor, aumente a intensidade e verifique o efeito de nebulização da água. A nebulização é a indicação de que seu equipamento está emitindo ultra som e ela se apresenta de maneiras diferentes de aparelho para aparelho. O meio de condução do ultra som emitido neste momento (gotas de água + ar) é muito precário. Isto ocasionará uma rápida elevação da temperatura do alumínio para mais de 40 graus centígrados. Portanto, não exagere no teste para não danificar o cristal piezoelétrico dentro do transdutor
  • É o uso simultâneo de duas modalidades terapêuticas associadas e em uma mesma área corporal.
  • O profissional adquire um cabo especial para terapia combinada e também um equipamento com correntes de média e/ou baixa frequência da mesma marca (neurodyns), onde os equipamentos são conectados através do cabo, tendo ao mesmo tempo o estímulo das correntes e do ultrassom
  • Irradiar ultrassom em líquidos, leva à formação de bolhas muito pequenas e, esse fenômeno, é chamado de cavitação. Sob a ação do campo ultrassônico, essas bolhas aumentam e diminuem de tamanho (cavitação estável), ou podem colapsar (cavitação instável). A cavitação é um fenômeno comum produzidos por ultrassons terapêuticos.

Manual de Instruções


Copyright © 2018-2019 - Todos os direitos reservados | www.ispsaude.com.br | Focus Franchising Ltda | CNPJ: 20.990.470/0001-57 | Rua Major Hipolito, 161, Centro - Santa Tereza do Oeste - Paraná - CEP 85825-000 | Autorizações de Funcionamento de Empresa - AFE/ANVISA - Produtos para Saúde (Correlatos): 8.17.237-8 - Fisioterapeuta RT: Alex Fernando Zani - Crefito15-8409-F/S - RE001178; 8.16.087-3 - Fisioterapeuta RT: Karla Almeida Ghiraldi - Crefito8-14638-F - CA001855; 8.13.520-9 - Fisioterapeuta RT: Luciane Mila Haag - Crefito8-60339-F - CA001524; 8.15.961-5 - Fisioterapeuta RT: Adriana Mitie Ida Simbalista - Crefito8-44125-F - CA001825; 8.16.589-8 - Fisioterapeuta RT: Elisia Martins Almeida - Crefito10-196784-F - RE001760; 8.16.619-1 - Fisioterapeuta RT: Klesio Ferreira Fernandes - Crefito11-248435-F - RE000981; 8.13.349-0 - Médico Veterinário RT: Daniel Massato Takayama - CRMV-PR-07016-VP - CRMV-PR-23466-SJ; 8.13.993-3 - Fisioterapeuta RT: Fabiana Fernandes Puga - Crefito13-99509-F - RE000561; 8.13.515-2 - Cirurgiã-Dentista RT: Renata Freitas Pignata Dessen - CROSP-CD-61053 - CRT-477; AFE/ANVISA - Cosméticos: 2.07.259-8 - Fisioterapeuta RT: Elisia Martins Almeida - Crefito10-196784-F - RE001760 | Política de Privacidade e Segurança - Fotos meramente ilustrativas - Os preços e condições da loja virtual estão sujeitos a alterações. Em caso de divergência de preços no site, o valor válido é o do Carrinho de Compras.